Zé Contemplador

Do CD: Biografia de Homens Inquietos.

ZÉ CONTEMPLADOR

A cidade não tem dó
Quando nega seu filho meu irmão…

Não contempla nenhum Zé

A dor em sustenido ecoa
Para quem chega lá de fora
A multidão nas ruas num zumbido
Zombaria atropelos tudo em cima da hora

O samba não contempla mais o morro
O morro que é estampado nos jornais.
Ecos banais são manchetes que apavoram
E o Zé do samba não se sustenta jamais.

A dor relampeja no cafezal, invade o curuzú,
A toa na cidade encarna um Zé ninguém
A vida vira um samba fora de hora
A cidade não contempla nenhum Zé

http://www.youtube.com/watch?v=UykVIlxUW6E

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: