Com toda poesia de Leminski

Imagem

Sai da cama, deitei na sala, 
ainda cansado dos 12 quilômetros 
que corri ontem pela Pampulha.

Abri a porta, soltei os cachorros, 
corriam no quintal como pássaros em alegria.
sentei na escada, recebi o sol da manha,
Orei com “Toda Poesia” de Leminski.

“Nossa senhora da luz
ouro do rio belém
que seja eterno esse dia 
enquanto a sombra não vem”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: