A vasta visão de um cantador.

A vasta visão de um cantador.
Imagem
Na adolescência, certa vez, na casa de um amigo, ouvi numa radiola daquelas portátil, um disco de Luiz Gonzaga, havia uma musica que me chamava bastante atenção dedicado à um personagem da cultura popular, uma figura totalmente desconhecida para mim, depois ouvi esta mesma musica numa versão instrumental sob a assinatura do grupo Quinteto Violado. A musica chama-se: Cego Aderaldo.
Imagem
“Oh! Violeiro do mundo
Dêem-me atenção de um segundo
Pra meu lamento profundo
Que hoje decanto o retrato
Um grande vulto do mato
Mato de onde não fujo
Aderaldo Ferreira de Araújo
O Cego Aderaldo do Crato” 

Nutri por estes anos, uma curiosidade de conhecer mais sobre este personagem, sua obra e vida.

Esta semana recebi pelo correio um belo livro, projeto editorial bem resolvido, um livro que dar orgulho tanto para o editor, como o autor: Cego Aderaldo – a vasta visão de um cantador do escritor e pesquisador Claudio Portella.

Aderaldo Ferreira de Araújo (Crato, 24 de junho de 1878 – Fortaleza, 29 de junho de 1967), mais conhecido como “Cego Aderaldo” foi um poeta popular cearense que se destacou por seu raciocínio rápido improvisando rimas e repentes. 
Dizem que o cego Aderaldo descobriu o dom da rima em Quixadá, pouco depois de perder a visão em um acidente. Segundo o próprio, a descoberta ocorreu quando teve um sonho em versos. Quando sua mãe faleceu, Cego Aderaldo decidiu viajar pelo sertão fazendo suas rimas.

Fica a dica para quem gosta de mergulhar no Brasil profundo.

Agora vou a leitura.

Babilak Bah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: