Oh mãe de toda existência, livrai os homem dos muros das prisões.

Imagem

Para facilitar a compreensão, vou procurar ser simplista,

Diante da complexidade que vivenciei na gravação de um video

que tive a felicidade de participar hoje no Presidio Regional de Ibirité. Cenas fortes e desconhecidas pela sociedade brasileira,

Senti-me um sujeito útil no meio de tanto jovens sem perspetivas, vitimado por um sistema social preconceituoso, seletivo e altamente excludente.

Foi uma experiência transformadora,

Voltei para casa cheio de questões, feliz por ter vivido um momento tão cheio de vida com minha arte.

Oh senhora musica, obrigado por me ter escolhido como um homem dotado de sonoridade.

Aberto às situações inusitadas da grande vida.

Oh mãe de toda existência, livrai os homem dos muros das prisões.

Passei o dia enjaulado – sai com a consciência livre.

Babilak Bah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: