Archive for the Babilak e Convidados Category

Oficina Experimental Lúdica de Sons e Movimento

Posted in Babilak e Convidados on julho 5, 2011 by babilakbah

Hoje as as 14 horas estarei ministrando oficinas no  projeto Corpo Cidadão, instituição beneficente afiliada ao Grupo Corpo Companhia de Dança, e o Centro de Integração Martinho. Para crianças e adolescentes do Aglomerado da Serra.

“A oficina experimental lúdica de sons e movimentos” pretende ser um espaço coletivo de exploração de “sons” utilizando objetos variados, dando ênfase à objetos utilizado no cotidiano, como sucatas, pequenos efeitos e o silêncio em busca de uma linguagem rítmica-poética-cênica a partir de dinâmicas e tecnologias corporais e sonoras, além da criatividade e história pessoal dos participantes propiciando a socialização junto a jovens e adolescentes

 Conteúdo programático

– O Corpo como Princípio Sonoro: dinâmicas que trabalhem a sonoridade corporal, além de exercícios de desinibição e consciência corporal.

– Dialogo das águas : tem como estratégia aumentar a sensibilidade e a percepção do universo sonoro utilizando-se do elemento água como possibilidade de ampliação da sensibilidade.

– Exploração sonora: noções de ritmo, jogos lúdicos vocais, composição e uso de instrumentos (priorizar sucatas e instrumentos reciclados), manejo com objetos

– Exposição dialogada:– o f(pr)azer percussivo no Brasil – a história da música e da percussão, o tambor, o ritmo e sua relação com a história dos povos

Objetivo da ação:

– Facilitar o acesso e o envolvimento de crianças e adolescentes de famílias empobrecidas do Aglomerado da Serra, com a arte e a cultura estimulando o seu desenvolvimento motor, emocional e intelectual;

– Contribuir para aquisição de habilidades artísticas que levem ao desenvolvimento da auto-estima;

– Estimular a criança ou o adolescente a utilizar as habilidades adquiridas no seu meio como cidadão atuante;

– Oferecer alternativas de conhecimentos e relacionamentos que facilitem a sua integração à sociedade como um todo;

LOCAL:  Rua São Miguel Arcanjo 215. Centro Cultural Vila Fátima.

Babilak Bah e o Quarteto de Enxadas

Posted in Babilak e Convidados on setembro 8, 2009 by babilakbah

l_72032a373e1b82cbdf50c536c8e3897a

Babilak bah tocou em importantes festivais como Conexão Vivo de Música, Feira da Música Artista autodidata, percussionista, compositor e poeta, Babilak Bah criou o “Enxadário: orquestra de enxadas”, através de experimentações sonoras para explorar os timbres desse instrumento até então utilizado como ferramenta de trabalho.   Criador compulsivo e dono do que se pode chamar de “teimosia artística”, Bah se autodenomina mais um “propositor” e “um artista do ruído” do que um compositor e o que norteia o seu fazer artístico em 20 anos de carreira é a persistência de construir um trabalho autoral, singular, com identidade própria.

Independente Internacional de Brasília, Melhores do Prata da Casa do Sesc em São Paulo com ampla repercussão de público e mídia.

Atualmente, com a proposta de aprofundar a pesquisa da “timbralidade” das enxadas e sua poética experimental, Babilak desenvolve os “Enxadigmas” – criação de novos instrumentos tendo como ìcone as enxadas.

No palco o que o público assiste é a fusão de tambores, sopros, enxadas e os novos instrumentos, associando ritmos da cultura popular com a contemporaneidade da música eletroeletrônica, uma exuberante performance  e sua verve poética destacada por composições apresentadas através do seu “canto falado”.

Oficina Experimetntal Lúdica de Sons e Movimento

Posted in Babilak e Convidados on setembro 8, 2009 by babilakbah

A “Oficina Experimenttal Lúdica de Sons e Movimentos” pretende ser um espaço coletivo de exploração sonora utilizando objetos variados, dando ênfase à ferramenta “enxada”, sucatas, pequenos efeitos e o silêncio em busca de uma linguagem rítmica-poética-cênica a partir de dinâmicas e tecnologias corporais e sonoras, além da criatividade e história pessoal dos participantes propiciando reflexões sobre o fazer percussivo no Brasil e no mundo.

l_a7cbb450c0b465de3dbe91a195c635dd

Conteúdo programático

-Exposição dialogada: Do tambor à enxada – o f(pr)azer percussivo no Brasil – discussão teórica sobre cultura, a história da música e da percussão, o tambor, o ritmo e sua relação com a história dos povos

-O Corpo como Princípio Sonoro: dinâmicas que trabalhem a sonoridade corporal, além de exercícios de desinibição e consciência corporal.

-Exploração sonora: noções de ritmo, jogos lúdicos vocais, composição e uso de instrumentos (priorizar sucatas e instrumentos reciclados), manejo das enxadas.

Para a execução da proposta são utilizadas técnicas de apresentação, sensibilização, manejo de instrumentos, criação sonora, criação de peça musical e intervenção pública.

Números de participantes: até 25 pessoas

Carga Horária: 2 horas

Critério: iniciação musical. Os participantes deverão ter algum instrumento de percussão e um par de baquetas

Demandas técnicas: espaço amplo e reservado, telão multimídia e aparelhagem de som